\
11 3565-6952 ou 11 99822-0057

Confira abaixo as doenças oculares mais comuns:

 

Miopia

Sintomas: Objetos próximos são nítidos, mas objetos distantes ficam embaçados e difíceis de distinguir.

A miopia é uma condição herdada. Geralmente descoberta na infância entre 8 e 12 anos. Na adolescência, quando o corpo está em fase de rápido crescimento, a miopia fica maior. A partir dos 20 anos as alterações diminuem e começam a estabiliza-se.

Hipermetropia

Sintomas: Desconforto e dificuldade para focalizar imagens próximas, cansaço e dores de cabeça.

Geralmente, as pessoas com hipermetropia tem boa visão de longe. A hipermetropia pode estar associada ao aparecimento de estrabismo acomodativo na infância, com o surgimento de sintomas ao redor dos 2 anos de idade.

Astigmatismo

Sintomas: Todos os objetos, próximos ou distantes, ficam distorcidos. As imagens ficam embaçadas e a sensação é parecida com a distorção causada por um pedaço de vidro ondulado.

O astigmatismo é hereditário e pode ocorrer em conjunto com a miopia ou hipermetropia. Pode se desenvolver ao longo dos anos de forma leve.

Catarata

Sintomas: Opacificação da vista, dificuldade para focalizar a visão para longe e para perto.

Geralmente a partir dos 40 anos, a catarata pode causar a diminuição progressiva da visão. A evolução da catarata pode variar de pessoa para pessoa e até mesmo de olho para olho.

Glaucoma

Sintomas: Perda progressiva da visão e estreitamento do campo visual.

Glaucoma é o aumento da pressão intraocular que pode ocasionar lesão ao olho.

Geralmente apresentada em pessoas com mais de 35 anos e se não controlado, pode levar à cegueira. É uma doença crônica que dura toda a vida.

Conjuntivite

Sintomas: Inflamação da membrana transparente que recobre o globo ocular e a parte interna da pálpebra.

As causas da conjuntivite podem ser por reações alérgicas (ex. pólen, pelos de animais, cloro de piscinas, poluentes no ar, entre outros); ou por vírus e bactérias, sendo estas altamente contagiosas, mais frequentes no verão, provocando muito incômodo. O contágio é feito pelo contato direto com a pessoa doente ou objetos contaminados.